Silva, Aníbal Cavaco

From Wikipédia de Autores Algarvios
Jump to: navigation, search

Cavacosilvafotonaescolatomascabreira-anos50dosec-xx.png Cavacosilva-PR.jpg

Aníbal Cavaco Silva
Boliqueime, Loulé, 15/7/1939.
Professor, escritor, político, 1º ministro, Presidente da República e escritor. Teve lugar de destaque no ensino universitário na área da Economia no pós 25 de abril.
Foi aluno das Escolas "Serpa Pinto" e "Industrial e Comercial de Faro" / Escola Secundária de Tomás Cabreira, em Faro nos anos 50 do século XX.
É Patrono da Escola básica integrada Professor Doutor Aníbal Cavaco Silva, em Boliqueime, que integra o Agrupamento de Escolas Engº Duarte Pacheco, em Loulé.


  • Excerto retirado da Autobiografia Política:

"Apesar das dificuldades, guardo boas recordações do tempo de estudante em Faro. Ainda hoje mantenho contactos amigos com companheiros dessa época e, quando olhamos para trás, é com muita alegria que o fazemos. As partidas que pregávamos no trajeto do comboio, os jogos de bola, matraquilhos, bilhar e pingue-pongue, as corridas no jardim da Alameda, contíguo à escola, com que ocupávamos as horas mortas antes e depois das aulas, tudo isso nos traz à memória uma espécie de inocência que as gerações actuais terão dificuldade em compreender. Tornei-me um exímio jogador de pingue-pongue e integrei a equipa da minha escola, que defrontava outras escolas do Algarve. O professor de Educação Física, Américo Nunes da Costa, um verdadeiro amigo da «malta», instigou em mim o gosto pela prática do desporto e ainda hoje faz parte do grupo de amigos dessa época.

Há pequenos pormenores dos tempos de Faro que me ficaram marcados para sempre. Vem dessa época a minha Loucura por cerejas. Os transportes não eram o que são hoje e o Algarve não é terra de cerejas. Na aldeia nem apareciam, mas em Faro, na rua que levava à escola, perto da igreja do Pé da Cruz, havia uma mercearia que vendia cerejas. Que maravilha! Não lhe resistia e os 5$00 que os meus pais me davam para o almoço quantas vezes foram totalmente gastos na compra de um cartucho de cerejas que comia voraz e gulosamente, logo no princípio do dia. Claro que o resto do dia era passado na total penúria alimentar. Chegado ao terceiro ano da Escola Industrial e Comercial de Faro, tinha à frente a perspectiva de ficar com o Curso Geral de Comércio e procurar um emprego o que não me satisfazia. Queria continuar a estudar..."

In Autobiografia Política I de Aníbal Cavaco Silva, 2002


Nota: 5$00 lê-se cinco escudos.


  • Biografia Breve:
Aníbal Cavaco Silva foi o 19º Presidente da República Portuguesa entre 2006 e 2016.
Licenciado em Finanças pelo Instituto Superior de Ciências Económicas e Financeiras, Lisboa, e doutorado em Economia pela Universidade de York, Reino Unido. Foi docente do ISCEF, Professor Catedrático da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa e Professor Catedrático na Universidade Católica Portuguesa.
Foi investigador da Fundação Calouste Gulbenkian e dirigiu o Gabinete de Estudos do Banco de Portugal. Exerceu o cargo de Ministro das Finanças e do Plano em 1980-81, no Governo do Primeiro-Ministro Francisco Sá Carneiro, e foi Presidente do Conselho Nacional do Plano entre 1981 e 1984. Presidiu ao Partido Social Democrata (PSD) entre maio de 1985 e fevereiro de 1995.
Foi Primeiro-Ministro de Portugal entre 1985 e 1995. Foi um protagonista ativo no processo de construção europeia, assumindo papel central em algumas grandes decisões, influenciando as opções inscritas no Tratado de Maastricht e garantindo a adesão do escudo ao Sistema Monetário Europeu, criando condições para a integração de Portugal no primeiro grupo de países da moeda única europeia.
Doutor Honoris Causa pelas Universidades de York (Reino Unido), La Coruña (Espanha), Goa (Índia), León (Espanha) e Heriot-Watt (Edimburgo, Escócia), e membro da Real Academia de Ciências Morais e Políticas de Espanha, do Clube de Madrid para a Transição e Consolidação Democrática, da Global Leadership Foundation e do Instituto Internacional de Finanças Públicas. in wook.pt.


  • Bibliografia:

- O Mercado Financeiro Português,1966.
- Política Orçamental e Estabilização Económica, 1976.
- Economic Effects of Public Debt, 1977.
- A Política Económica do Governo de Sá Carneiro, 1982.
- Cumprir a Esperança, 1987.,
- Construir a Modernidade, 1989.
- Ganhar o Futuro, 1991.
- Finanças Públicas e Política Macroeconómica com João César das Neves, 1992.
- Afirmar Portugal no Mundo, 1993.
- Manter o Rumo, 1995.
- As Reformas da Década, 1995.
- Portugal e a Moeda Única prefaciado por Jacques Delors, 1997.
- União Monetária Europeia: funcionamento e implicações, 1999.
- Francisco Sá Carneiro - 20 Anos depois - Testemunhos, de Francisco C. de Pinto Balsemão, Diogo Freitas do Amaral, Mário Soares, Aníbal Cavaco Silva, António Montalvão Machado, Eurico de Melo, Durão Barroso, Miguel Veiga e Amândio de Azevedo, 2001.
- Autobiografia Política I, 2002.
- Autobiografia Política II, 2004.
- Crónicas de Uma Crise Anunciada, 2002.
- Roteiros I, 2007.
- Roteiros II, 2008.
- Roteiros III, 2009.
- Acredito nos Portugueses - Presidenciais 2011, 2011.
- Quinta-feira e outros dias, 2017.
- Quinta-feira e outros dias - Volume II, 2018.

Cavacosilva-livros-wook.jpg

Pode obter mais informações sobre a maioria dos livros da imagem acima nesta página da wook.pt.


  • Veja mais sobre Aníbal Cavaco Silva nos seguintes links :

- 2018 - - Publicação "Ensino e Prática da Macro de Economia Aberta depois de Abril", de Jorge Braga de Macedo organizador, que, entre outros, relata o importante papel de Cavaco Silva no ensino universitário na Área da Economia" no pós 25 de abril.

  • in https://arquivo.pt:

- 1997 - Montra web da liv-arcoiris.pr em que também está o livro "Portugal e a Moeda Única" de Cavaco Silva.

- 2001 - O livro "Finanças públicas e política macroeconómica" de Cavaco Silva e João Luís César das Neves faz parte da bibliografia utilizada na cadeira de Macroeconomia da Universidade de Coimbra.

- 2001 -O livro "União Monetária Europeia: funcionamento e implicações" de Cavaco Silva faz parte da bibliografia utilizada na cadeira de Direito Comunitário da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa