Santos, Manuel Neto dos

From Wikipédia de Autores Algarvios
Jump to: navigation, search

[[]]

Manuel Neto dos Santos

Nasceu em Alcantarilha (Silves-Algarve), a 21 de Janeiro de 1959.
Andou na escola Escola Secundária de Silves e estudou Filosofia na Universidade Clássica de Lisboa.
Poeta, ator, declamador, tradutor. É o autor de "Subsídios para a História da Poesia do Algarve".
A sua intensa actividade cultural remonta aos anos de adolescência culminando com o seu reconhecimento público na atribuição de uma nomeação para o Prémio Primus Inter Pares (Artes e Letras) ao lado de Lídia Jorge e Casimiro de Brito, 98/99.

  • Biografia
Ativista cultural desde a adolescência. Figura incontornável na moderna poesia portuguesa. Autor de importante e multifacetada obra poética, grande parte dela ainda inédita. Nas 23 obras já editadas, espelha-se a sua essência lírica e telúrica, remetendo-nos para uma clara e marcante ascendência arábico-andalusa, nos claros sensualismo, ritmo e luminosidade narrativos. A riqueza de todo um léxico linguístico onírico aliada a uma frescura de "voz poética" tão livre, única, quanto universal. "É hoje presença maior da poesia portuguesa". "Um poeta inteiro numa poética maior, metafísico-existencial".
O lirismo, todo ele difuso, espelhando emoção e sentimento, percebe-se na sua já vasta obra, onde a vertente intuitiva consegue apreender algo das efémeras e superficiais vivências de caráter comocional, de tonalidade afetiva intensa, onde a rutura do impressionável se conjuga com a do intuitivo. Como poeta maior, Neto dos Santos revela-nos a sua tendência para se situar fora de qualquer temporalidade em clara ligação com as profundezas viscerais da terra e dos seus entes, com os insondáveis mistérios da vida, novos, inquietos, subversivos". Dr. José Varela Pires
Nos seus trabalhos de ator divulga, em prisões, escolas bibliotecas, em monólogos, João de Deus, Bocage, al-Mutamid. Colaborador assíduo de inúmeras revistas de poesia, tanto em Portugal como em Espanha. Em reconhecimento pela sua vasta atividade literária quer no que diz respeito a obra própria como na divulgação de poetas portugueses e espanhóis, a Arandis Editora homenageia-o criando o Prémio Literário de Poesia Manuel Neto dos Santos, numa edição anual.
Traduziu as obras "Abissais", de Pedro Sánchez Sanz, "Cadernos de Lisboa", de Daniel García Florindo, "Por Detrás dos Olhos", de Sílvia Tocco, "Seres Quebradiços", de Rocío Hernández Triano e "Por Vezes, Quando Chove, Chega-nos o Perfume do Sal", de Raquel Zarazaga. "Canto Cresecente" – Inéditos – Arandis Editora, com capa de Cruzeiro Seixas – sairá em Janeiro de 2019, celebrando o 30.º aniversário de edições.
.In:https://www.wook.pt/autor/manuel-neto-dos-santos/4506984
  • Bibliografia

O FOGO, A LUZ E A VOZ-1988
TALAIA-1989
TROVAS DE UM HOMEM DA TERRA-1991
NO PAÍS DE AMÁLIA-1992
DE DEUS A ALGAZARRA DE SILÊNCIOS (VIDA E OBRA DE JOÃO DE DEUS) -1996
IDÍLIOS DE AL-BUHERA-1996
TIMBRES-1999
SUBSÍDIOS PARA A HISTÓRIA DA POESIA DO ALGARVE SÉCS XI-XX- 2000
UMABEL, OU O ANJO DA ILHA AZUL (C. D de declamação sobre obra homónima) – 2000
ÍDOLA- 2002
VERSOS DE REDOBRE (à memória de João de Deus) – 2004
SAFRA- 2011
SULINO- 2012
CLAVES DO SOL E DA LUA- 2013
O CORPO COMO NUDEZ- 2014
O VIANDANTE DAS PALAVRAS (bio-FOTO-grafia),(Edição comemorativa de 25º anos de edições)- 2014
AURORA BOREAL AO SUL- 2015
CÍRCULO DE FOGO- 2016
PASSIONÁRIO- 2016
JUEGO DE ESPEJOS-JOGO DE ESPEHOS(TRILINGUE)- 2016
SANGRE DE NUBES-SANGUE DE NUVENS (BILINGUE)- 2018
INSTINTOOS O MÍ CORAZÓN DE GIRALUNAS (BILINGUE)- 2018
SOB O SIGNO DE CIBELE- 2018
TERCA MAREA (BILINGUE)- 2019
CANTO CRESCENTE- 2019
OXÝS (REEDIÇÃO)- 2019
SAFRA(REEDIÇÃO)- 2019
VIAGEM- 2019
KÁLIMMA(BILINGUE)- 2019
UN TEMPLO PARA ASTARTÉ -(BILINGUE)- 2019
AZAHAR-TRIBUTO A AL-MU´ TAMID -(TRILINGUE)- 2020

Como Tradutor

-“ABISSAIS”, de Pedro Sánchez Sanz,
-“CADERNOS DE LISBOA”, de Daniel García Florindo,
-“POR DETRÁS DOS OLHOS”, de Sílvia Tocco ,
-“SERES QUEBRADIÇOS”, de Rocío Hernández Triano ,
-“POR VEZES , QUANDO CHOVE, CHEGA-NOS O PERFUME DO SAL, de Raquel Zarazaga,
-“O EIXO DA LUZ” , de José Iniesta
-“VERSOS DE ÁGUA”, de Clemen Estéban Lorenzo,
-”RAIAS E PONTES”, de Salvador García Ramirez
-“ABRIL NOS INVERNOS”, de Nicolás Corraliza Tejeda
-“MORDENDO CARNE” de Clemen Estéban Lorenzo.

  • Pode saber mais sobre Manuel Neto dos Santos nos seguintes links:

- 2020 - Pácina muito completa sobre a vida e obra de Manuel Neto dos Santos, no Blogue "Tapa ao Sol"
- "Manuel Neto dos Santos foi convidado pelo Algarve Primeiro, a falar sobre o seu trabalho, percurso e, acima de tudo, sobre a sua obra poética"
- Página da Arandis Editora sobre Manuel Neto dos Santos
- Página do jornal Terra Ruiva com várias notícias sobre Manuel Neto dos Santos - 2019 - Manuel Neto dos Santos comemorou 30 anos de carreira literária, com edição de obra poética