Ayres, Laura

From Wikipédia de Autores Algarvios
Jump to: navigation, search

Laura.jpg

Laura Guilhermina Martins Ayres
Loulé, 01/06/1922 - Lisboa, 16/01/1992

Médica. Professora universitária. Virologista. Patrona do Escola Secundária de Loulé e do Laboratório Regional de Saúde Pública do Algarve.

Laura2.jpg Laura3.jpg


Notas Biográficas

Laura Ayres licenciou-se em Medicina em 1946, com distinção, no início de carreira interessa-se pela área das "doenças infecto-contagiosas”. Entre 1950 e 1953, frequenta um estágio no Instituto Superior de Higiene (ISH), onde desenvolveu estudos sobre o vírus da gripe e outras patologias respiratórias, chegando, mesmo, a montar um sector de diagnóstico da “tosse convulsa”. Em 1955 cria o Laboratório de Virologia do Instituto Nacional de Saúde, onde, entre 1955 e 1956, desenvolveu estudos sobre o agente TRACOMA Por este estudo ganha o Prémio Ricardo Jorge, em 1963. Quando iniciou a sua carreira de virologista no ISH, a Virologia era praticamente inexistente, pelo que a Professora Laura Ayres, a partir de uma pequena unidade, o Centro Nacional da Gripe, incrementou o Laboratório de Virologia, com autonomia a partir de 1971, conseguindo impô-lo junto dos Serviços Hospitalares como um dos melhores laboratórios de Virologia Clínica e Epidemiológica. Em 1979/8, organizou o 1.º Inquérito Serológico Nacional, ao qual foi atribuído, em 1983, o Prémio Ricardo Jorge de Saúde Pública.
Em 1985, cria e desenvolve o Centro de Vigilância Epidemiológica das Doenças Transmissíveis. O trabalho de Laura Ayres foi também decisivo na formação de técnicos na área da Virologia. A Professora Laura Ayres teve um papel decisivo no início da luta contra a SIDA em Portugal, da qual foi “a voz e a figura” coordenando o Grupo de Trabalho da SIDA (1985), estando na origem quer da Comissão Nacional de Luta Contra a SIDA (1990), a que presidiu, quer na criação do Laboratório de Referência da SIDA do INSA, uma das primeiras instituições portuguesas a desenvolver o diagnóstico laboratorial da infecção VIH/SIDA.
Ao longo da sua vida foi agraciada com várias homenagens e tributos designadamente:
Oficial da Ordem de Sant'Iago da Espada, em 13 de Julho de 1990 - Grande–Oficial da Ordem de Sant'Iago da Espada, em 26 de Fevereiro de 1992, a título póstumo - Atribuição do seu nome a uma escola secundária e a um agrupamento de escolas de Loulé - Atribuição do seu nome ao Laboratório Regional de Saúde Pública do Algarve Dra Laura Ayres - Medalha de Honra do Município de Loulé - Atribuição do seu nome ao Centro de Virologia do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge